5 dicas de concentração para estudar para as provas!

É cada vez mais comum a reclamação das pessoas de falta de concentração durante os estudos para provas, o que acaba prejudicando a qualidade dos resultados.

O motivo é muito simples e comum na maioria das pessoas: excesso de informação e de interatividade com muitos canais diferentes de comunicação. Vivemos com uma grande incrível de dados e não nos desligamos de um canal quando precisamos focar em outro, no casos aqueles minutos ou horas dedicados ao estudo.

Então o que precisamos fazer para nos concentrar melhor nos conteúdos e aumentar nossas chances de ser bem-sucedidas? Vamos ver 5 dicas de concentração para estudar para as provas que eu colecionei ao longo de anos e que podem ser muito úteis para você!

01 – Comece planejando

Sim, você precisa planejar quanto tempo vai precisar para estudar os conteúdos, com qual frequência poderá e a ordem dos estudos. Se você planejar bem, nunca se sentirá pressionada pelo tempo restante e evitará o fantasma da correria de véspera.

  • É um calendário semanal com várias provas, aquele dia de do Enem ou a prova teórica do Detran? Cada evento precisa de um planejamento específico;
  • Defina os tempos e frequência necessários – isso é algo pessoal, depende da sua segurança com cada matéria;
  • O ideal é começar algumas semanas ou um mês antes, para o caso de imprevistos, se alguma matéria exigir mais tempo e para evitar correrias;
  • Organize a lista por ordem de dificuldade, começando pelas matérias mais difíceis, assim você pode aumentar o tempo se for necessário;
  • Você pode alternar entre matérias fáceis e difíceis para não sobrecarregar demais o seu emocional por dias seguidos.

02 – Defina um lugar de estudos

Isso é fundamental para a concentração; cada lugar tem ruídos e interferências diferentes e isso impacta na concentração – e pode abalar justamente na pior das matérias.

Escolha um lugar fixo, o mais silencioso possível, que não seja passagem de pessoas – nada de mesa da cozinha! – e com uma ótima iluminação. Se você divide quarto com alguém, converse antes sobre a sua necessidade de silêncio e privacidade.

Se arrumar esse lugar for um desafio na sua casa ou até de parentes, estude em uma biblioteca. Mas faça isso de forma fixa, para sua mente se acostumar.

03 – Use e abuse dos simulados!

Os simulados são uma excelente forma para você praticar pelos conteúdos com maior tendência a cair nas provas. Você pode combinar as lidas dos seus materiais de apoio – livros, manuais – com o uso dos simulados.

Por exemplo, você pode estudar com um simulado Detran e assim ganhar confiança para a prova. Os simulados também ajudam a se acostumar com o clima das grandes provas.

04 – Respeite os limites do seu corpo, mas não subestime ele!

Decidir estudar todos os dias por 6 horas e por 3 meses parece algo perfeito; até você descobrir que nunca vai conseguir porque seu corpo não aguenta.

Não brigue com ele! Quanto mais em paz ele estiver, mais os processos orgânicos trabalharão a seu favor – e seu organismo estará melhor preparado para ajudar a estudar. Por outro lado, colocar um sarrafo baixo pode acomodar e fazer você estudar por tantas semanas que o conhecimento se perca ao longo do processo. Por esse motivo é tão importante o planejamento do item 1.

E claro: sempre descanse 30 minutos a cada 2 horas. É uma forma de aliviar a carga e retomar com mais disposição.

05 – Desligue e se desligue do mundo!

Claro que você não ficará isolada do mundo quando estiver estudando. Mas não é saudável permitir que tudo possa distrair, principalmente o que não é relevante.

Pense no tamanho do desafio e do preço que você vai pagar se permitir que celular, computador, conversas e música tirem a sua concentração.

É importante não usar as semanas a mais que foram definidas para compensar perdas diárias no Facebook; elas vão te ajudar quanto precisar de mais carga de estudo ou num dia de gripe forte.

O importante é ter foco total para alcançar o sucesso!

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *