Deixe sua marca por onde passar, usando jalecos personalizados!

Os jalecos são peças de vestimenta profissional que são sempre associadas à proteção e à limpeza, o que passa para as pessoas uma ideia de uma roupa sem nenhum apelo estético.

A realidade também confirma isso: são peças quase padronizadas em linha de montagem, onde as diferenças entre os modelos feminino e masculino são pequenas, cortes e modelagens fora de moda.

Enfim, uma roupa que muitos profissionais certamente não gostam pela forma como são feitas, mas querem usar porque representam o seu trabalho e são ligados a profissões que são muito valorizadas e respeitadas pelas pessoas.

O jaleco é seu cartão de visitas no contato com os clientes, pode e deve transmitir a sua personalidade e o seu amor pela profissão. Então, por que não aproveitar a nova e saudável tendência de personalizar jalecos?

Seu jaleco personalizado começa pela escolha da cor!

Felizmente, deixamos a ditadura do branco para trás e os profissionais médicos podem usar outras cores. Desta forma, o profissional pode começar a criar uma identidade visual que:

Representa melhor a sua personalidade

Você pode usar uma nova cor e até mesmo usar o branco: o essencial é que a cor escolhida na vestimenta oficial da sua profissão vai representar você e te fará reconhecido futuramente.

Portanto ela deve refletir a sua personalidade e não ser uma cor que está na moda ou que funciona com muitos colegas.

Melhora a comunicação não-verbal com clientes e pacientes

Isso é essencial nos ambientes médico-hospitalares onde os pacientes vivenciam e são afetadas muito mais pelas imagens ao seu redor do que pelo que é dito. Entrar em contato com uma médica ou enfermeira que combina com o que veste transmite segurança e conforto.

Critérios para a escolha da cor para o seu jaleco

Efeito psicológico

Para os ambientes pediátricos, você pode usar jalecos com cores vivas ou de 2 ou 3 cores, criando um efeito divertido. Nos ambientes geriátricos – normalmente os consultórios, visitas a clínicas de repouso e asilos e nas alas específicas em hospitais – o ideal são os tons claros e suaves, que remetem à serenidade.

Para as demais pessoas – entre os extremos de crianças pequenas e idosos – podemos usar uma variação clara de cor – azul, verde, rosa, vermelho, cinza – e elas também vão funcionar nos ambulatórios e enfermarias com adultos e idosos juntos.

Equilíbrio cromático com o ambiente

O próximo passo deve ser criar uma relação equilibrada de cores entre o seu jaleco e o seu consultório particular – único caso em que você terá o domínio do que fazer no ambiente.

O ideal é harmonizar – diferente de combinar – a cor escolhida do jaleco com os móveis, cor e decoração de paredes e com o material gráfico usado – receituário, cartão de visitas.

Dá pra usar jaleco com cor muito escura?

Com certeza, sim! Porém, pelo que falamos anteriormente, o universo de uso é menor para as cores escuras.

Porém, em algumas especialidades, onde a formalidade é o tom – como na urologia e na proctologia, por exemplo – um jaleco mais escuro e sóbrio pode transmitir uma imagem mais reservada.

Como escolher a tipografia do seu jaleco?

A tipografia é muitas vezes negligenciada no cuidado, mas representa um momento importante de contato visual do profissional com seus colegas e clientes.

A importância aumenta nos ambientes de emergência, para que a leitura fácil passe uma imagem de transparência à pessoa – fontes complexas e costuras mal feitas dificultam a identificação e podem deixar um paciente inseguro.

Aposte nas fontes mais retas e com pouco floreio se você é médica ou enfermeira para adultos, e tendo o cuidado com o contraste com a cor de fundo.

Para a pediatria, você pode apostar em um logotipo divertido e letras coloridas, pois vai chamar a atenção e distrair a criança.

Acredito que com esse jaleco personalizado você ganhará um grande destaques dos seus colegas de trabalho.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *